Pai, quantas saudades!!!

Tuesday, November 11, 2008


Pai
(Fábio Jr.)

Pai!
Pode ser que daqui a algum tempo
Haja tempo pra gente ser mais
Muito mais que dois grandes amigos
Pai e filha talvez...

Pai!
Pode ser que daí você sinta
Qualquer coisa entre esses vinte ou trinta
Longos anos em busca de paz...

Pai!
Pode crer, eu tô bem, eu vou indo
Tô tentando, vivendo e pedindo
Com loucura pra você renascer...

Pai!
Eu não faço questão de ser tudo
Só não quero e não vou ficar mudo
Prá falar de amor pra você...

Pai!
Senta aqui que o jantar tá na mesa
Fala um pouco tua voz tá tão presa
Nos ensine esse jogo da vida
Onde a vida só paga prá ver...

Pai!
Me perdoa essa insegurança
Que eu não sou mais aquela criança
Que um dia morrendo de medo
Nos teus braços você fez segredo
Nos teus passos você foi mais eu...

Pai!
Eu cresci e não houve outro jeito
Quero só recostar no teu peito
Pra pedir pra você ir lá em casa
E brincar de vovô com minha filha
No tapete da sala de estar
Ah! Ah! Ah!...

Pai!
Você foi meu herói meu bandido
Hoje é mais muito mais que um amigo
Nem você nem ninguém tá sozinho
Você faz parte desse caminho
Que hoje eu sigo em paz
Pai! Paz!...


Ontem foi o aniversário dele.
E eu mais uma vez não tive pra quem ligar.
Mais uma vez fui infeliz.

Lembro de como era difícil escolher presentes para ele. Natal, aniversário, Dia dos Pais... E muitas vezes escolhia errado. Mas mesmo assim, ele me abraçava e me cobria de mimos. Eu sabia que ele não tinha gostado e ele me fazia sentir que era tudo o que ele queria. Sempre.

Ele era o meu herói desde pequena. Tínhamos as nossas diferenças, mas éramos amigos. Ele sempre me contava sobre as namoradas dele. Eu sempre tinha ciúme. Mas dava apoio, porque queria vê-lo feliz.

Qdo eu voltei pra Campinas, ele ficou chateado. Não queria que a menininha dele voasse. Mas eu voei e cheguei até aqui. Ele sempre me dava força e puxava minhas orelhas quando preciso. Mas ao mesmo tempo dizia que me amava.

Quando eu fui pra casa dele passear... ele chorou, e me pediu para ser feliz.
E quando ele precisou de mim não deixaram eu estar com ele.
Eu teria ido sem pensar, mas me disseram pra esperar ele estar bem. Só que ele se foi.
Ele foi embora, mas não houve um dia sequer que eu não pensasse nele.

Eu acho que eu vou ser a eterna menininha. Só que ele não pode mais dizer que me ama, embora eu saiba disso.
Minha filha tem os olhos dele. Uma cor estranha, meio chumbo. E toda vez que eu olho pra ela e lembro como ele me fez feliz.
Sem ele, eu nunca seria o que eu sou hoje.
Pena que eu não posso mais olhar pra ele e dizer isso. Agora só posso dizer com meu amor e com meu coração.
Papai, agradeço a Deus por ter sido tua filha. Nunca vou deixar de te amar.
Nunca.
Ju

9 comments:

Su November 11, 2008 at 7:51 AM  

Felicidades pro's doiis!!!!!

Juju,
seremos eternas crianças para os nossos pais, seremos sempre aquela garotinha para eles... mas sempre teremos um amor incondicional que nos faz viver bem e felizes a cada dia!!!!

Beijos, Linda!!

Di November 11, 2008 at 12:17 PM  

Tenho saudades do meu pai também. Post emocionante, linda.

Du November 12, 2008 at 6:43 AM  

BELÍSSIMA HOMENAGEM, QUERIDA!!!
ELE SENTE O TEU AMOR, TENHO CERTEZA!!!

Bezão November 12, 2008 at 12:10 PM  

Nossos super-herois!
Não tão super, mas muito herois!

Linda homenagem!

Ramon Brito

Rafaela November 12, 2008 at 12:28 PM  

As nossas dores serão eternamente nossas e de Deus.
Ele nos deixa passar por coisas que somente nossos corações suportam..E nisso, sempre há um lindo propósito, pode ter certeza!

November 12, 2008 at 2:07 PM  

Ao ler seu texto chorei de saudades de meu pai também, a saudades dele chega a doer, papai era meu maior amigo além de ser um paizão. Que saudades...
beijos filha sei que ele te ama muito também!
Rô!

Leonardo Werneck November 13, 2008 at 8:33 PM  

Tbm tenho saudades do meu...

Beijo

lavanderiavirtual November 16, 2008 at 5:11 PM  

Oi, Pietra!

Nem vou comentar direito, apenas dizer que estive aqui lendo o post, me emocionei, como todos os demais...

Ainda bem que temos as lembranças para nos confortar!

lavanderiavirtual November 16, 2008 at 5:12 PM  

Este comentário aí de cima é meu esqueci de assinar! Sorry! :-)

Juca

Blogagens Coletivas

  © Blogger template Nightingale by Ourblogtemplates.com 2008. Modificado por Ju Pietra e Suzanna Martins

Back to TOP