Cansaço

Sunday, August 17, 2008

 "NÃO, NÃO é cansaço...
É uma quantidade de desilusão
Que se me entranha na espécie de pensar,
É um domingo às avessas
Do sentimento,
Um feriado passado no abismo...

Não, cansaço não é...
É eu estar existindo
E também o mundo,
Com tudo aquilo que nele se desdobra
E afinal é a mesma coisa variada em cópias iguais.

Não. Cansaço por quê?
É uma sensação abstrata
Da vida concreta -
Qualquer coisa como um grito
Por dar,
Qualquer coisa como angústia
Por sofrer,
Ou por sofrer, completamente,
Ou por sofrer como...
Sim, ou por sofrer como...
Isso mesmo, como...
Como o quê?
Se soubesse, não haveria em mim este falso cansaço.
(ai, cegos que cantam na rua, que formidável realejo que é a guitarra de um, e a viola do outro, e a voz dela!)
Porque ouço, veja
Confesso: é cansaço!..."
(Álvaro de Campos)


Coisas que o cansaço pode nos fazer ver de formas diferentes..
Às vezes, tudo parece escuro e triste e, na verdade, é apenas isso: cansaço.

Estou um pouco inconstante.
Na verdade, não sei explicar direito o que está acontecendo comigo. Algo está mudando.
Ainda não sei se é pra melhor, nem especificar o que é.
Mas está aqui dentro, trabalhando aos poucos.
Não é tristeza, nem saudade.
Apenas a sensação de que algo não é mais como antes na minha vida.
Cabe a mim descobrir afinal o que é que está havendo
Mas sinto que, aos poucos, estou me fechando.
E não sei até que ponto isso é bom.

É cansaço, mas sei que vai passar.
Sempre passa .

14 comments:

Urbano Leonel Sant' Anna August 17, 2008 at 9:41 AM  

Oi, Simpatia!

Esta descrição de cansaço do Álvaro de Campos não me parece bem cansaço físico. Deve ser um cansaço da alma, um tipo de melancolia. Se for cansaço, é o mesmo cansaço dos Românticos. O século está errado, mas é o Mal do Século. Quem já sentiu, reconhece ao primeiro vislumbre. Não, não é cansaço... é tédio!

Hoje, minha querida parceira de blogagem e quase parceira de profissão, venho desfazer uma grande injustiça. Por que será que quanto mais a gente as odeia, mais as comete? Mesmo que por simples distração e sem nenhuma intenção, mesmo que a memória tenha sido traída pelo absoluto stress da vida, foi uma tremenda injustiça não ter colocado um link permanente na minha casa virtual apontando diretamente para cá. Vou corrigir este erro imediatamente. Seria melhor se tu tivesses um banner, pois há uma tendência natural em clicar primeiro nos banners...

Só mais uma coisa:
Quando todos estiverem te chamando de Ju "Simpatia" Pietra ou de Ju "Miss Simpatia" Pietra ou, simplesmente, "Simpatia", espero que a tua memória não te traia e ainda consigas lembrar quem foi o primeiro a reconhecer este traço marcante da tua personalidade na web e quem foi o primeiro a declarar publicamente o amor por ti. (rsrs)

Um beijão, Simpatia!

Agora que estás linkada, vou voltar mais vezes.

Urbano

Ju Pietra August 17, 2008 at 10:46 AM  

Urbano querido, como já disse uma vez num desses posts da vida... Aqui nem tudo é o que parece... Talvez seja só cansaço, talvez não. ;)

Quanto ao banner, eu sei, eu tô pra fazer isso tem um tempão, o Nandinho até fez um pra mim e é o único lugar que tem banner meu, mas eu tô numas de mudar o template e nunca dá certo... tava esperando pra colocar depois que mudasse... Mas vou já resolver isso...

Beijo Imenso

Francine Esqueda August 17, 2008 at 8:59 PM  

Olá!!
Que maravilha!... Depois de alguns dias sumida, muito trabalho e muitos compromissos, chegar aqui e ver coisas bacanas é o máximo! Continue postando assim!
E saiba que essas coisas realmente passam, melhor ainda é saber que dentro de mim as vezes tbm é assim... não sou a unica a me sentir assim!???
Muitos beijos e ótima semana!

Sahmany August 17, 2008 at 9:06 PM  

Juuuuuuuu, ah não Ju, vc não tá legal?
ah Ju, não quero que vc fique tristinha. Ó vou contar uma piada pra vc rir tá? Quem sabe ajuda né?
olha só...

Helena e Gilda, duas solteironas, tinham uma farmácia.
Entra um homem na farmácia e pede uma camisinha.
Helena traz uma pequena.
- É pequena, reclama o freguês.
E Helena traz uma maior
- Ainda é pequena.
E Helena pega a maior do estoque.
- Pôxa, desculpe, mas tem de ser maior....
Helena grita prá Gilda (sócia) que está lá nos fundos da farmácia:
- Gildaaaaaaaaaa! Este homem precisa de uma camisinha maior que a GG, o que eu ofereço?
E Gilda responde:
- Casa, comida, roupa lavada e sociedade na farmácia!

Você riu Ju? Depois me conta viu?
Bitoca na ponta do nariz e boa semana.

Di August 18, 2008 at 12:45 AM  

Tô cansada e com dor de cabeça... vou mimir, é melhor.
Boa semana procê! ;)

Leonardo Werneck August 18, 2008 at 1:43 AM  

Toda mudança assusta, mas a gente se adequa a ela.

Beijos

Luca August 18, 2008 at 11:18 AM  

Eu também. Estou prestes a mudanças...e, penso, que por isso estou melancólica!

Aiinnn

Bjocas

Lorena August 18, 2008 at 2:11 PM  

Mudanças me assustam tanto que eu também sempre tenho essa sensação de algo nascente-ou-poente dentro de mim. Eu sei que sensação é essa... Engraçado, né? Porque é uma coisa que a gente não consegue explicar, mas você e Pessoa (Álvaro de Campos) exemplificaram mto bem e eu consegui entender.

Espero que vc não seja tão medrosa quanto eu e encare as mudanças com coragem. Muitas vezes elas nos trazem muitos frutos bons e o medo às vezes impede o aproveitamento pleno deles.

Boa sorte na nova jornada!
beijos

Su August 18, 2008 at 5:19 PM  

Mudanças, mudanças... Dizem que é preciso!! rs
Beijooos linda e boa semana pra vc!!

NANDO DAMÁZIO August 19, 2008 at 2:57 AM  

É um "mal" necessário, Ju...
É uma forma de a gente se preparar para o que vem por aí, porque as mudanças devem sempre ser bem-vindas.

Mas tenho certeza que, depois do descanso, você vai perceber que nada mudou e você é a mesma Ju de sempre.

Beijão!

Ultra Violet August 19, 2008 at 12:20 PM  

Eu tb tô cansada, mas um dia a gente cansa de cansar.

Bjs.

Vênus August 19, 2008 at 3:48 PM  

OiJu

Lindo o poema de Álvaro de Campos.Creio que ele descreve,como diz o Urbano,o cansaço mental,o tédio...

E,quem sabe que tb não é esse o seu cansaço?
Mas,uma coisa é certa:Vai passar...tudo passa!!

bjs,querida

Nathália August 20, 2008 at 8:22 PM  

Sei bem sobre esse cansaço.
E também sei que ele vai passar, mas... Quando?

Du August 21, 2008 at 5:21 PM  

Eu também ando cansada Ju, muito...mas também não sei especificar direito que tipo de cansaço é... eu te entendo, pode acreditar!

Beijão

Blogagens Coletivas

  © Blogger template Nightingale by Ourblogtemplates.com 2008. Modificado por Ju Pietra e Suzanna Martins

Back to TOP