Bonequinha

Monday, August 25, 2008

Quatro horas da manhã...
Quando a enfermeira bateu na porta do quarto, eu sinceramente achava que seria mais um daqueles atendimentos básicos, onde uma ampola de analgésico resolve o problema.
Não era.
Ela era só uma bonequinha rosa... Linda... 5 dias de nascida.
Mas chorava mais do que eu ou você poderíamos. Berrava a plenos pulmões.
A mãe tentava de tudo: balançava, chacoalhava, mas ela não parava de gritar... Dava uma dó tão grande ver aquela coisinha toda vermelha de tanto chorar!!
A mãe disse que ela não mamava desde 7 da noite. E isso realmente era um problema. Além do fato de ela, com certeza, estar com dor. Mas dor aonde meu Deus?


A essa altura, Dr W já tinha vindo e examinado. Medicamos, botamos ela no colo da mãe, tentamos fazer com que ela pegasse o peito... E nada. Deu pra perceber que ela não conseguia sugar.
E o pior, como no exame físico não deu nada, a única solução era esperar amanhecer pra fazer exames de laboratório e raio X. Já não dava mais pra tentar adivinhar o que ela tinha...
A medicação fez com que ela se acalmasse um pouco, mas a bonequinha ainda chorava muito. Descobrimos que piorava se ela deitasse, então era o tempo inteiro com ela meio que em pé...
Ou seja, como ela ia mamar se não dava pra deitar? Não é como uma criança maiorzinha, se tentar alimentar em pé, ela engasga!! E como eu ia colocar ela na vertical pra pegar o peito?? O.o


Tentamos dar com uma seringa, mas não dava... Com ela chorando, ia acabar engasgando mais depressa. A mãe já chorava junto e eu peguei a bonequinha no colo, pra ver se conseguia acalmá-la, à mãe e à mim mesma.
Não era nervoso, era angústia. Lembrei de quando a pequenina era pequenina assim. Sei como a mãe estava se sentindo, é uma droga a sensação de impotência diante o choro do filho.

Quando a única coisa a fazer parecia ser esperar amanhecer, deu um estalo na minha cabeça.
Peguei a fralda da bonequinha, enrolei no dedo e encostei na boca dela.
De repente, ela foi parando de chorar e começou a sugar o dedo, como se fosse uma chupeta. Se ela conseguia sugar, então o problema era em estar deitada, por isso ela não mamava!
Então peguei a seringa cheia do leite que a mãe ia tirando em um recipiente e encharquei a ponta da fralda... Quando ela começou a sugar, veio dando um alívio tão grande, mas tão grande...
Foram várias seringas, 10, 15, várias... Ela chupava a fraldinha e eu continuava aplicando o leite, molhando a fralda, bem com jeitinho pra ela não afogar, até que ela foi ficando quietinha e foi parando devagarzinho, até dormir...


A mãe, não sabia se ria ou chorava.
A sensação de alívio veio e ficou.
E eu consegui descansar de verdade, a primeira vez em quatro dias, porque sabia que a bonequinha agora dormia feito um anjinho.
E que no final ia dar tudo certo.
É, agora eu sabia...

10 comments:

Luca August 25, 2008 at 8:25 AM  

Ah, Jhupi!

Trabalho abençoado o seu!

Quase choro de angústia, pela pequena. E, depois, pela vitória dela, da mãe e sua.

Muuuuito bom!

Parabéns mesmo! :)

Su August 25, 2008 at 10:23 AM  

Nossa Jú, que recompensa, hein?!!
Despois de tanta luta ver essa bonequinha dormindo?!
Nada mais confortante que o sono de uma criança!!!
Beijoooos linda!!

Ultra Violet August 25, 2008 at 9:10 PM  

Só sendo mulher e mãe pra ter uma intuição dessas. Nessas horas que a gente vê, nada é por acaso!

Espero que a bonequinha esteja bem melhor. E a mãe deve estar aliviada.


Bjs.

Du August 26, 2008 at 12:40 PM  

Eu fui lendo e lembrando do sufoco que passei com meu pequeno (que hoje está mais alto do que eu), da dificuldade que tive pra fazer ele mamar nas primeiras noites no hospital!
Lindo post, Ju!!!

Beijão

Leonardo Werneck August 26, 2008 at 5:54 PM  

Caramba... fico aqui imaginando como serão as minhas madrugadas...

Beijo Doutora

jubliana. August 27, 2008 at 2:03 PM  

Salvando vidas, Ju? Que linda!
qundo eu era pequena, só dormia cheirando uma fraldinha. Mas nao me lembro se muito pequena eu chegava a chorar por isso. /;

Talita Corrêa August 27, 2008 at 2:26 PM  

Que lindaaaaaaaaaaaaaaaa.
Parabéns!

PS: Desculpe por andar um pouco sumida.

Bjo.

NANA August 27, 2008 at 8:56 PM  

Nossa, eu aqui, fiquei agoniada, imagina vc vendo isso. Ainda bem que vc conseguiu ajudar. =D

Beijinhos

DrummerChick August 30, 2008 at 5:59 PM  

Minina, arrasoooou!!! ^^ Ow, ver uma bonequinha chorando é muito angustiante mesmo... num sabe nem dizer o que tá sentindo, né? Parabéns, Ju, de coração!

Lorena August 30, 2008 at 9:24 PM  

Eu chorei... não vou negar. Quando eu leio coisas assim, só sinto uma angústia enorme em pensar no sofrimento da mãe e do bebê e de quem mais participa da situação... e o alívio de ter dado tudo certo, graças a Deus, e a você. =)

Blogagens Coletivas

  © Blogger template Nightingale by Ourblogtemplates.com 2008. Modificado por Ju Pietra e Suzanna Martins

Back to TOP